Publicado em 16/09/2021
Ensanguentado, homem é perseguido por torturadores e morto no meio da rua em MT
Dois homens de 26 e 60 anos foram presos pela Polícia Militar suspeitos de praticarem o crime.
Policia
Ensanguentado, homem é perseguido por torturadores e morto no meio da rua em MT

Um homem – cuja identidade não foi divulgada – foi perseguido e assassinado a tiros no início da noite de quarta-feira (15), na frente de um supermercado no bairro Cohab Nova, na cidade de Cáceres (225 km de Cuiabá).

Dois suspeitos de praticarem o crime, de 26 e 60 anos, foram presos pela Polícia Militar.O homicídio aconteceu por volta das 18h40, na Rua Tancredo Neves.

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima saiu correndo pela rua ensanguentada e chegou a pedir ajuda de moradores antes de cair no chão, na frente do estabelecimento comercial.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e constatou que o homem tinha vários ferimentos pelo corpo, inclusive no rosto, provenientes de arma de fogo.Ele não resistiu e veio a óbito no local.

Testemunhas contaram que dois homens, em um veículo preto, estavam atrás da vítima, quando fizeram os disparos.

Durante buscas nas proximidades, os militares encontraram um rastro de sangue que vinha de duas casas.Em uma delas, o morador contou que foi chamado pela vítima que gritava por socorro no seu portão.

Neste local, o sangue estava apenas do lado de fora.Já no outro imóvel, que fica mais na frente, os policiais constataram que o sangue vinha de dentro da casa.

Um dos suspeitos, que estava na residência, autorizou a entrada dos policiais.Em um dos cômodos, foi encontrado mais sangue, onde a vítima teria sido torturada.O segundo bandido foi encontrado deitado e com uma roupa suja de sangue.

A dupla foi algemada e encaminhada para a delegacia.A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local e deu início às investigações do caso.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Não consta no documento a motivação do crime e nem a identidade da vítima.O caso deverá ser apurado pela Polícia Civil.


Fonte: ReporterMT
Texto: DAFFINY DELGADO DA REDAÇÃO
Fotos: Christiano Antonucci
Todos os direitos reservados Colider Noticias