Publicado em 24/02/2021
Botelho: Sentimento é de dever cumprido; saio de cabeça erguida
Declaração foi dada após a eleição da nova Mesa Diretora da ALMT na última terça-feira (23)
Politica
Botelho: Sentimento é de dever cumprido; saio de cabeça erguida

O ex-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), afirmou que saiu do cargo, na noite dessa terça-feira (23), com sentimento de dever cumprido. Botelho comandou a Assembleia por dois mandatos e havia sido eleito para o terceiro, mas foi impedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, na segunda-feira (22).

Após a decisão do ministro, a Assembleia determinou imediatamente a realização de uma nova eleição com o deputado Max Russi (PSB) encabeçando a chapa. Botelho assumiu a Primeira Secretaria.

É um sentimento de dever cumprido, fiz minha missão. Chegou o momento de sair, eu saio de cabeça erguida, saio maior do que quando entrei na Presidência, tenho certeza disso. Estou saindo alegre e feliz”, disse, em entrevista a jornalistas, após a nova eleição.

Ele ainda afirmou que não deve ter muitas dificuldades na Primeira Secretaria da AL, cargo responsável por fazer a gestão financeira do Parlamento, uma vez que sempre esteve à frente de suas empresas.

Eu sempre fui da iniciativa privada, sempre fui gestor. A Primeira Secretaria pra mim vai ser muito tranquila. Fazer a gestão da casa, fazer uma gestão austera, vamos continuar com esse encaminhamento. Agora, mais do que nunca, concentrado nisso. Certeza que vocês vão ver bons resultados”, afirmou.

A nova chapa que assume o comando da ALMT em 2021 e 2022 é composta por Max Russi (PSB), na presidência; Dilmar Dal Bosco (DEM), vice-presidente; Eduardo Botelho (DEM), primeiro secretário. Janaina Riva (MDB) assumiu a segunda secretaria; Claudinel Lopes (PSL) e Allan Kardec assumiram a terceira e quarta secretaria, respectivamente.


Fonte: Repórter MT
Texto: FELIPE LEONEL / MAJU SOUZA
Fotos: Maurício Barbant
Todos os direitos reservados Colider Noticias